Litecoin (LTC) – É Uma Cópia da Bitcoin? O Que as Distingue?

A Litecoin (LTC) é uma criptomoeda feita à imagem da Bitcoin.

O que Satoshi Nakamoto concebeu para a critpomoeda-mãe, Charlie Lee replicou com algumas diferenças na Litecoin.

Também por isso, esta criptomoeda tem sido, ao longo dos anos, uma das escolhas mais populares entre os investidores.

A prova é o seu trajeto em 2019. Depois da queda generalizada do mercado em 2018, a Litecoin já quase duplicou o seu valor.

2019 ficou ainda marcado pelo segundo halving da Litecoin, evento especialmente relevante para quem quer minerar Litecoin, como veremos mais à frente.

Neste artigo poderás perceber ainda o que oferece de diferente a Litecoin, como tem evoluído o seu preço ao longo dos anos, onde a podes comprar e o que esperar deste projeto.


1. O Que é a Litecoin (LTC)?

A Litecoin é uma altcoin (alternative coin) cujo código-fonte é baseado na Bitcoin.

É, na realidade, uma de muitas altcoins, já que o código da Bitcoin é open source, permitindo a quem quiser lançar versões alternativas da mesma.

Quando Charlie Lee, antigo funcionário da Google, criou a Litecoin em 2011, já existiam muitas outras altcoins no mercado.

Inicialmente, foi mais por diversão. Queria brincar com o código-base da Bitcoin. E, depois, também queria criar uma altcoin que fosse melhor que todas as altcoins que já existiam na altura.

Charlie Lee, Fundador da Litecoin em entrevista ao SFOX

Ou seja, a obra-prima, a Bitcoin, já estava criada.

Satoshi Lite, como é conhecido nas redes sociais, não queria que a Litecoin ocupasse o estatuto da criptomoeda-mãe; queria sim que fosse a melhor alternativa à mesma.

Assim se criou a ideia de que a Litecoin está para a prata como a Bitcoin está para o ouro.

Moedas Litecoin
Representações da moeda de Litecoin são habitualmente feitas em prateado, em oposição ao dourado da Bitcoin.

A Litecoin nunca assumiu como objetivo ser melhor do que a Bitcoin – quer antes servir de complemento à moeda em que se baseou.

É pelo menos dessa forma que se apresenta no seu site oficial, onde destaca, apesar de tudo, algumas das vantagens face à sua parente.

2. Como Funciona a Litecoin?

Como já vimos, a Litecoin é muito semelhante à Bitcoin. Essa semelhança materializa-se a vários níveis:

  • Blockchain: As duas utilizam a tecnologia originalmente apresentada por Satoshi Nakamoto, sendo que ambas funcionam nas suas próprias blockchains;
  • Mining: Novas criptomoedas são obtidas através da mineração. Em ambas os mineiros estão sujeitos a regras de halving;
  • Moedas em circulação: Quantidade criptomoedas que podem ser mineradas é limitada, apesar de Litecoin ter número máximo 4 vezes superior.
Bitcoin e Litecoin partilha ADN.
Como tantas outras criptomoedas, a Litecoin também tem parte do ADN da Bitcoin.

Considerando que as duas moedas foram concebidas para fazer pagamentos numa era digital, é natural que tenham estruturas semelhantes.

Mas então, onde estão as diferenças?

No quadro abaixo elencamos as principais características dos dois projectos.

ParâmetroLitecoinBitcoin
Supply total84 milhões21 milhões
Tempo de transação2,5 minutos10 minutos
Custos de transação ~$0.5-$0.1~$3-$32
Recompensas com miningHalving a cada 840.000 blocosHalving a cada 210.000 blocos
Algoritmo de mineraçãoScryptSHA-256

2.1 Transações com Litecoin

Do ponto de vista da utilização, a grande diferença que salta à vista entre a Litecoin e a Bitcoin é relativa aos custos e tempos de transação.

Transações são mais baratas e rápidas com a Litecoin do que com a Bitcoin.

O fundador da Litecoin acredita que esta é precisamente a grande vantagem da criptomoeda que criou.

Charlie Lee é o fundador da Litecoin
Charlie Lee, Fundador da Litecoin.

Se a Bitcoin é focada em mover grandes quantias de dinheiro, então os custos vão ser altos e a segurança também. A Litecoin pode servir de complemento: pode ser utilizada para montantes mais baixos de dinheiro e ter custos mais baixos.

Charlie Lee, Fundador da Litecoin em entrevista ao SFOX

Isto significa que a Litecoin acaba por trazer grandes vantagens enquanto moeda de troca, já que permite transações mais baratas e rápidas, facilitando assim o comércio com recurso a LTC.

2.1 Mineração de Litecoin

À semelhança da Bitcoin, a Litecoin também é distribuída através de mining.

No entanto, a Litecoin usa um algoritmo de mineração Scrypt, em oposição ao SHA-256 utilizado pela Bitcoin.

O algoritmo de mineração Scrypt não só usa poder de processamento, como também é muito mais exigente a nível de memória.

O que é que isto significa?

Na prática, significa que as mineradoras não trazem uma vantagem óbvia na mineração de Litecoin, fazendo com que esta seja mais difícil de minerar.

ASIC usado para minerar Bitcoin
Exemplo de uma ASIC, hardware utilizado para a mineração de Bitcoin.

O objetivo é fazer com que a Litecoin seja mais democrática, em oposição à Bitcoin, que favorece grandes fábricas dedicadas à mineração da criptomoeda.

A Litecoin tem também uma supply maior, de 84 milhões de criptomoedas, sendo que sensivelmente 75% das Litecoins já foram mineradas.

A última Litecoin será minerada 2 anos depois da última Bitcoin, em 2142, sendo que ambas estão sujeitas a halvings, ou seja, a reduções constantes para metade das recompensas dadas aos mineiros.

Ao início, para cada bloco minerado eram distribuídas 50 LTC (tal como na BTC), mas esse número é reduzido de 4 em 4 anos:

  • 26/05/2015: Primeiro halving – passou a 25 LTC por bloco;
  • 05/08/2019: Segundo halving – passou a 12,5 LTC por bloco (recompensa atual).

O segundo halving da Litecoin é muito recente e, pelo menos de uma forma imediata, pouco ou nenhum impacto teve no preço da Litecoin.

O seu próximo halving está previsto para 4 de agosto de 2023.

Newsletter

Subscreve e fica a par de todas as novidades das criptomoedas!

3. Preço da Litecoin

3.1 Histórico de preços

Gráfico preço Litecoin historial
Evolução do preço da Litecoin (LTC) desde o seu lançamento.

A Litecoin, como muitas outras lançadas nos primórdios das criptomoedas, esteve muito tempo estagnada em valores baixos. Durante esse período chegou a atingir um All Time Low (ATL) de €1,02 EUR a 14 de janeiro de 2015.

2017 foi o ano que em disparou, à imagem do resto do mercado, conquistando o seu All Time High de €343,72 EUR, a 19 de dezembro.

3.1 Preço em 2019

Gráfico preço Litecoin 2019
Evolução do preço da Litecoin (LTC) em 2019.

Depois da queda do mercado em 2018, também a Litecoin tem vindo a recuperar em 2019.

Esta criptomoeda valia €27,90 a 1 de janeiro, mas valorizou entretanto cerca de 86%, quase duplicando o seu valor nos primeiros 9 meses do ano.

Nada de extraordinário quando consideramos o valor que até já chegou a obter em 2019. A 22 de junho a Litecoin valia cerca de €134, ou seja, quase 4 vezes o que valia no início do ano!

4. Onde Comprar Litecoin (LTC)?

A Litecoin (LTC) está disponível nas principais plataformas recomendadas pelo CriptoInvest.

Hoje em dia é muito mais simples investir em criptomoedas e existem várias opções disponíveis.

4.1 Investir em LTC através de CFDs

Plataformas de investimento online como a eToro e a xtb fornecem-te ferramentas chamadas CFDs.

Com CFDs podes lucrar tanto com as subidas como com as descidas do preço das criptomoedas, ao contrário de outras opções. Este é dos poucos tipos de investimento em que isso efetivamente acontece.

etoro cfd


Ao investir através da eToro ou da xtb descarta-se a necessidade de configurar carteiras virtuais (wallets) para manteres as tuas cripromoedas seguras e o processo de compra e venda torna-se bastante simples.


xtb cfd


4.2 Comprar LTC

Se, por outro lado, os entraves técnicos não te desmotivam, podes optar por comprar LTC diretamente numa exchange como a Binance ou a Coinbase, sendo que neste caso ficarás mesmo na posse da criptomoeda.

Se estiveres a pensar em utilizar LTC para fazer/receber pagamentos ou para trocares a moeda entre exchanges, esta é a opção recomendanda.

Na Binance encontras uma lista de mais de 100 criptomoedas para transacionar, desde opções mais conhecidas, como a Bitcoin ou a Ethereum, a outras criptomoedas mais exóticas.

binance criptomoedas


Tal como referimos, outra opção sólida é a Coinbase, plataforma de escolha de muitos investidores que estão a começar, uma vez que oferece uma interface mais simples para a compra de 16 das criptomoedas mais populares.


coinbase criptomoedas


5. Perspetivas Futuras

A Litecoin quis, desde cedo, ser uma moeda focada no comércio e tem vindo a trabalhar para se tornar cada vez mais eficiente.

Utiliza a Lightening Network e o protocolo SegWit (Segregated Witness), que visam garantir que a rede é capaz de sustentar um grande volume de transações, mantendo a rapidez e os baixos custos.

É graças a estas características que a Litecoin espera continuar a ser utilizada como complemento à Bitcoin.

A sua wallet é atualizada frequentemente, sendo que as informações sobre a última versão da Litecoin Core podem ser encontradas aqui.

6. Conclusão

  • A Litecoin tem mostrado resiliência ao longo dos tempos, sendo uma escolha popular entre os investidores e uma presença constante no Top 10 do CoinMarketCap;
  • Em 2019, a Litecoin já chegou a quadruplicar o seu valor, o que mostra que ainda tem margem para novas valorizações;
  • A Litecoin partilha muitas das características da Bitcoin, já que foi feita com base no seu código-fonte, mas quer servir de complemento à criptomoeda-mãe;
  • Se procuras minerar esta criptomoeda, fique a saber que o seu segundo having aconteceu em 2019, razão pela qual só em 2023 voltarão a ser cortadas para metade as recompensas em LTC pela mineração.



Adicionar um comentário