Gestão de Risco I: Como Estabelecer um Stop-Loss?

Das melhores práticas que um investidor pode ter, e frequentemente uma das mais neglicenciadas, é uma boa gestão do risco associado aos seus investimentos. O grande objetivo desta gestão é conservar o nosso portfólio! Mais importante do que ganhar dinheiro com trading é conservar aquele que já ganhámos previamente. Este conhecimento deve estar cimentado no sub-consciente de qualquer investidor que queira ter sucesso a investir em criptomoedas ou em qualquer outro ativo financeiro. Um investidor que consiga gerir os riscos e proteger o seu portfólio de uma maneira inteligente estará num bom caminho para conseguir lucrar consistentemente com os mercados financeiros.

Conhecer os riscos associados aos nossos investimentos abre-nos portas para nos tornarmos investidores mais completos. Isto é, podemos diversificar o nosso portfólio em investimentos com diferentes graus de risco. Obviamente que quanto maior for o risco de um investimento, maior tem de ser o seu possível retorno!

Como já sabemos, as criptomoedas como o Bitcoin ou o Ethereum são produtos financeiros bastante voláteis e isso requer um ajuste nas estratégias de trading, especialmente no que toca ao estabelecimento do stop-loss. Neste artigo damos a conhecer um método eficaz que permite ao investidor gerir o risco das suas trades. Este método, conhecido como trailing stop-loss é bastante conhecido e utilizado em vários mercados, porém apresentamo-lo com alguns ajustes que levam em conta a volatilidade inerente às criptomoedas.

Como funciona?

Vamos partir do princípio que:

  • temos 1.000€ para investir;
  • o preço atual do Bitcoin (BTC) está a 6.000€

Então, supondo que após uma análise (por exemplo aos níveis de suporte), decidimos que vamos entrar no mercado e por o nosso stop-loss nos 5.700€. A diferença do preço atual para o nosso stop-loss é de 300€.

Como fazemos para arriscar apenas 1% do nosso portfólio nesta trade?

Reparem que 1% da nossa banca inicial é o equivalente a 10€. Ou seja, usando esta estratégia, se a nossa trade correr mal perdemos apenas 10€! As contas básicas que temos que fazer são:

  • dividir o nosso valor a arriscar (10€) pela diferença entre o preço atual e o preço no stop-loss (já calculado em cima):
    • 10/300 = 0,033
  • podemos então comprar 0,033 BTC nesta trade, o que equivale a:
    • 0,033 x 6.000 = 200€

Então podemos investir 200€ do nosso portfólio inicial nesta trade. Pode parecer muito mas lembrem-se que com as contas feitas para um stop-loss nos 5.700€, se esta trade correr mal perdemos apenas 10€! Ficamos com 990€.

Por outro lado se o preço do Bitcoin subir 30% (um valor percentual modesto neste mercado), ficamos a lucrar esses 30% sobre o nosso investimento de 200€!

Conclusão

Um investidor que tenha uma estratégia ponderada de gestão de risco, e uma boa disciplina para aplicá-la, tem uma enorme vantagem sobre outros que não tenham um sistema semelhante. A estratégia que demonstrámos aqui permite ao investidor controlar inteiramente o risco associado a uma trade. Se bem aplicada, esta estratégia faz com que se consiga escolher o melhor momento de entrada no mercado para podermos maximizar os nossos ganhos e minimizar as possíveis perdas.

Para ter sucesso com este sistema é importante escolher plataformas de investimento onde o stop-loss funcione bem. Para quem está a iniciar-se nos investimentos em criptomoedas uma escolha sólida é a IQOption, onde nem é preciso configurar carteiras para investir em várias criptomoedas como Bitcoin, Ethereum, Ripple, Tron, EOS e outras.

No entanto se um investidor já for familiarizado com o funcionamento das criptomoedas pode sempre optar por outras alternativas mais conhecidas neste mercado como a Binance.



Add a comment