Coinbase e Circle anunciam USDC – Dólar Digital

Ontem a Coinbase anunciou no seu blog que, em parceria com a Circle, vai lançar o USDC – USD Coin. Trata-se de uma stablecoin cujo valor é fixado ao dólar americado (USD). Esta notícia não é novidade uma vez que, tal como foi noticiado em maio pelo CriptoInvest, a Circle já explorava a possibilidade de lançar uma criptomoeda com estas características. A Centre, uma empresa FinTech filial da Coinbase e da Circle será a responsável pela tecnologia por trás da USDC.

Criptomoeda do Dólar Americano

Uma stablecoin deste género que tem grande utilização é o Tether – USDT, cuja credibilidade já vinha a ser questionada por motivos como manipulação do preço da Bitcoin e a existência de fundos monetários que garantam o valor do seu token. Apesar disto, o volume de utilização do Tether é tão grande que no dia 15 de Outubro uma venda em massa de USDT fez o preço da Bitcoin disparar de 6.200$ para os 7.500$ na Bitfinex. A Bitfinex é uma bolsa de criptomoedas responsável pelo supervisionamento do Tether.

Preço Bitcoin
Na mesma altura, em outras bolsas como a Bitstamp o valor da Bitcoin era de 6.700$, sendo este o verdadeiro valor (e não os 7.500$ da Bitfinex).

USDC – Token ERC20 do Dólar

O facto da Coinbase ser uma entidade com boa reputação aos olhos dos reguladores traz uma camada de confiança e credibilidade ao USDC que antes não era vista em outras stablecoins. O USDC é gerido na blockchain do Ethereum, uma vez que estes tratam-se de tokens ERC20.

Qualquer wallet de Ethereum poderá enviar e receber USDC a qualquer altura do dia, sem limite de montante transacionado e com taxas baixas. Outro motivo para o USDC estar na blockchain do Ethereum é o facto de poder tirar partido dos smart contracts desta rede para tornar esta stablecoin num dólar programável, algo que empresas FinTech podem aproveitar para os seus negócios.

Stablecoins ameaçam a Bitcoin?

Com a USDC é possível fazer-se pagamentos de forma rápida e barata entre duas entidades (pessoas ou negócios), independentemente de fronteiras geográficas e sem preocupações com volatilidade de valor, uma vez que este está fixado ao preço do dólar, que por si é uma das maiores moedas nacionais do mundo. São certamente pontos que jogam a favor das stablecoins.

O factor da descentralização continua a ser um grande trunfo da Bitcoin, muito valorizado pelos seus entusiastas. Para investidores, o USDC representa uma alternativa sólida ao Tether para servir como fundo de cobertura para a Bitcoin quando o preço desta está em queda. De momento o USDC está disponível nas seguintes exchanges:

USDC exchanges

 

Para ficarem a par das notícias, artigos e análises publicadas no CriptoInvest subscrevam às notificações ou sigam-nos através de redes sociais como Facebook ou Instagram.



Add a comment